Home » 2018 » maio

Como funciona a aposentadoria por tempo de contribuição

A aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício previdenciário concedido ao trabalhador que completar e devidamente comprovar tempo mínimo de filiação e contribuição à Previdência Social. Outros requisitos devem ser cumpridos, como veremos adiante.

Esse benefício pode ser dividido em categorias diferentes, tais como integral e proporcional, e urbana e rural. As regras são diversas para cada regime.

Quem tem direito à aposentadoria por tempo de contribuição?

pagar inss retroativo Pela regra atual, o tempo de contribuição mínimo para os homens é de 35 anos e para as mulheres é de 30 anos. Esse é o tempo para receber o benefício de forma integral.

Para recebê-lo de maneira proporcional, o tempo é menor: 30 anos para homens e 25 para mulheres. Contudo, nessa eventualidade, o homem deve ter no mínimo 53 anos de idade e a mulher, 48 anos.

Cumpre ressaltar que há diferença entre os valores da aposentadoria integral e da proporcional, cabendo ao contribuinte avaliar qual possibilidade lhe será mais vantajosa.

Existem algumas exceções para determinadas profissões, como no magistério, no qual os homens poderão se aposentar com 30 anos e as mulheres com 25 anos, sem redução de valores como pelo Fator Previdenciário.

Já quem não começou a pagar a Previdência desde o início das atividades empregatícias, pode pagar inss retroativo para regularizar sua situação e garantir a aposentadoria.

Principais requisitos e regimes da aposentadoria 

Há cálculos diferentes para o benefício conforme a regra utilizada. Pela regra 85/95, por exemplo, o critério é a soma da idade do trabalhador com o tempo de contribuição.

Essa soma deve totalizar 85 anos para as mulheres e 95 para os homens. Não há idade mínima para o recebimento do benefício conforme essa regra.

Já pela mencionada regra com 30/35 anos de contribuição, é o tempo total de contribuição que é averiguado. Também não há limite mínimo de idade para a concessão da aposentadoria.

Por outro lado, a regra para a aposentadoria proporcional determina os mencionados limites de idade mínima para mulheres (25 anos) e homens (30 anos).

Nesse caso, também é o tempo total de contribuição que é levado em conta, mais o adicional (de acordo com a legislação atual, corresponde a 40% do tempo que falta para o cidadão completar o tempo mínimo da proporcional).

Os documentos necessários para a solicitação do benefício são um documento de identificação válido e oficial com foto, número de CPF, carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem a contribuição ao INSS e demais documentos para comprovação de situações específicas.

Jejum Intermitente: fazer ou não fazer?

thermatcha preço

E muita gente tem me perguntado sobre o jejum intermitente… se ajuda a perder peso, se ajuda pra ficar mais definido, se ajuda na hipertrofia, se faz mal, como que tem que fazer…

O jejum intermitente é um não se alimentar. É não comer, não consumir calorias por um período determinado de tempo. Esse período ele pode ser 12 horas, 14 horas… 24 horas… vai depender de cada um. Nesse tempo você vai ficar sem comer, mas pode tomar líquidos como água, chás e café… O mais comum que as pessoas fazem o jejum intermitente é pulando o café da manhã, voltando a comer no almoço. E vai ter sim o beneficio da perda de peso, perda de gordura, vai ajudar a pessoa a ficar mais definida.

Nada é capaz de baixar mais a insulina do que o jejum, e esse é o hormônio central no processo de emagrecimento e fundamental no processo de normalização metabólica. Ficar sem comer é uma coisa muito natural para o corpo, porque evolutivamente a gente foi adaptado pra isso… já que essa abundância de comida que temos hoje nem sempre foi a realidade. Então a gordura que a gente estocava era nada menos do que energia armazenada para ser utilizada justamente nos períodos de escassez. Agora, se você tem comida o tempo todo, por que é que seu corpo usaria as reservas de energia se tem sempre mais chegando?

Muitas pessoas têm medo de pular um lanche com receio de se sentirem cansadas, ficarem doentes…“Não vou ter energia”. Mas passado o período de adaptação, muitas pessoas se sentem até mais dispostas e com mais energia. O jejum intermitente ele exige uma adaptação, prestar atenção nas respostas do próprio corpo vai te dar. E ter o acompanhamento de um Nutricionista é algo que vai te dar muita segurança nesse sentido. E para aqueles que querem ganho de massa e vem me perguntar sobre jejum intermitente: Jejum não é algo que vai ajudar na hipertrofia. Se a melhor estratégia pra hipertrofia é justamente comer, aqui ele não teria muita utilidade.

Claro, falando de potencializar ao máximo o processo de hipertrofia. Dentro dessa estratégia de maximização de ganho de massa muscular, seria muito mais difícil fazer o jejum do que seguir a dieta programada. Jejum intermitente é bom sim pra perda de gordura, pra perda de peso, pra ficar mais definido com essa perda de gordura, aparecendo mais a musculatura.

O que quebra o jejum intermitente?

Nós temos falado bastante sobre jejum intermitente sobre como fazer o jejum intermitente quais são os benefícios do exercício em jejum.  Primeiro você não pode comer nada nas horas que você tá fazendo o jejum e você pode beber tomar qualquer líquido que não contenha calorias.

Para começar este jejum tem o nome intermitente porque em algum momento a gente come em outro período a gente está em jejum, nesse período que a gente está em jejum (estar em jejum significa não estar consumindo calorias nenhuma) muita gente segue protocolo de restrição de tempo nos quais a pessoa fica por exemplo 16 horas sem comer e se alimenta durante um período de oito horas. O que a gente está falando aqui é que líquido isto pode consumir neste período de 16 horas. Por exemplo: se tiver esse protocolo nesse período de 16 horas sem consumir calorias você pode consumir
água, café e chá.

Você pode tomar água também e isso é importante para que você se mantenha hidratado. Você pode tomar chimarrão e deve evitar qualquer bebida que tenha adição de açúcar. Já o leite você deve evitar, o leite quebra o jejum intermitente porque contém calorias e lactose.

Procure um especialista antes de começar a praticar o jejum intermitente.