Home » 2018 » novembro

Tudo sobre glúten

Quem acompanha o blog aqui sabe que eu descobri que tenho um pequeno problema. Não é nada que estrague nossa saúde, porém é um problema chatinho para lidar. Descobri há uns meses atrás a minha intolerância ao glúten, ou seja, eu tenho uma doença celíaca.

Você pode estar se perguntando: mas o que é isso?

Eu vou explicar, quem possuí esse tipo de doença não pode consumir nada que contenha glúten. O glúten é uma proteína que existe no tigre e em alguns outros tipos de cereais como a aveia, o centeio e até na cevada. E quando você tem que parar de consumir esses tipos de produtos é que a vaca vai para o brejo. Sabe qual a primeira coisa que você pensa?

Você pensa que nunca mais você vai poder consumir um misero pão, nada de massas e biscoitos. Ou seja, acabaram as guloseimas. Quando eu descobri qual era o meu problema entrei em choque, ou seja, fiquei muito puta da vida. Passei dias chorando, fiquei imaginando uma vida de privações alimentares. Afinal, preciso confessar aqui: eu amo comida, eu amo comer e amo comer doces. Gosto de doces, chocolates, bolos, de lanches, massas! Achei que fosse entrar em depressão.

Porém, quando me acalmei percebi que não é assim o fim do mundo. Existem muitos produtos que são oferecidos pela indústria alimentícia que são feitos sem glúten. Claro que você vai sentir isso no bolso, é muito caro comer esse tipo de alimento.

E se você pensar com calma, cortar pães e massas da vida te deixa muito mais saudável. Então resolvi utilizar esse meu problema para emagrecer e perder uns quilinhos e ter uma vida mais saudável!

Como saber se sou celíaco?

como fazer bolo sem glúten?A minha dica é: ao invés de um clínico geral procure um gastro. Você vai começar a notar um inchaço na região da barriga, como se fosse uma inflamação. O gastro vai te pedir alguns exames para que você possa saber o que acontece de verdade e se você tem algum problema. São exames de sangue simples e um ultrassom abdominal. Se você tiver realmente problemas com glúten, com 15 dias de medicamento e restrições você já voltará a ter vida normal. Depois de 1 mês você não sentirá mais dores na barriga e tudo parecerá normal.

Vale lembrar que cada médico é um médico, ou seja, para o tratamento você dependerá das ações e do método de atuar do seu médico. Porém não deixe de procurar ajudar, sua qualidade de vida aumentará consideravelmente.