Home » 2019

Bebida alcoólica pode causar impotência?

power blue funciona mesmo

Muito se debate sobre o assunto, mas a ciência já comprovou diversas vezes que sim, o consumo indiscriminado de bebida alcoólica tem sim relação com a impotência sexual.

O mais triste é que, muitos homens que são alcoólatras correm um sério risco de se tornarem impotentes, o que pode causar mais problemas psicológicos e agravar o quadro.

Abaixo, veja mais sobre como o consumo de bebida alcoólica tem relação com a impotência sexual e alguns tratamentos para esse caso.

Por que o consumo indiscriminado de álcool leva à impotência

Homens que consomem bebidas alcoólicas com frequência e em exagero, podem sofrer  com a atrofia das células responsáveis pela produção de testosterona, o que leva à diminuição dos hormônios masculinos, o contribui para aparecimento da impotência sexual.

Também, esse é um dos principais motivos que leva ao surgimento de casos de ginecomastia, que é o aumento das mamas masculinas.

Esse problema, ainda pode se somar a danos causados diretamente em nervos responsáveis pela ereção, o que pode causar a diminuição da libido e caracteriza uma doença, a disfunção erétil.

Entenda, que não se trata de impossibilidades de ereção esporádicas, já que isso pode acontecer a qualquer homem, para ser caracterizado como impotência sexual, a dificuldade ou falha na ereção tem que ocorrer em mais de 50% das tentativas.

Mas, entenda que esses problemas que citamos acima são efeitos diretos do álcool no organismo masculino e todos os alcoólatras estão sujeitos a sofrer com consequências em maior ou menor grau, dependendo do caso.

A debilidade física

O álcool também causa uma grande debilidade física no corpo do homem, e como  sabemos que é necessário um grande esforço físico para o ato sexual e eis que essa debilidade física pode ser um agravante, já que sem resistência física não é possível ter êxito prática sexual.

O quadro pode começar com os problemas relacionados à queda no desempenho sexual, e depois cansaço excessivo, taquicardia e falta de ar, que tornaram cada vez mais difícil e inviável a relação sexual.

Problemas psicológicos

O alcoolismo também traz inúmeros efeitos psicológicos na vida do homem, que após consumir uma bebida alcoólica, costuma sofrer de forma imediata alterações psicológicas que dificultam o relacionamento com outras pessoas, especialmente com a sua parceira.

Assim, com o passar do tempo, após inúmeras tentativas frustradas para parar de beber, o homem acaba caindo em uma negação do sexo, acreditando que também não é capaz de fazê-lo.

Isso também é uma consequência do uso do álcool e não uma decisão consciente tomada pelo alcoólatra.

Tratamento para este caso

O primeiro passo para tratar a impotência sexual causada pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas é parar de beber, e como muitas isso não é uma tarefa fácil, será preciso conciliar um tratamento médico, com um psicológico.

O psicólogo indicará a terapia, e o médico os medicamentos necessários para reverter esse quadro, que em geral são usados inibidores da fosfodiesterase tipo 5, como:

  • Sildenafila
  • Vardenafila
  • Tadalafila

Mas lembrando, apenas um médico pode dizer qual o medicamento é o mais indicado para o seu caso, assim como a dosagem correta. Procure sempre a ajuda de um médico especialista, e nunca se automedique.

No caso da impotência sexual causada por bebida alcoólica é preciso tratar duas doenças, então procure ajuda médica o mais rápido possível.

Alternativas para impotência

Além dos medicamentos tradicionais que são prescritos pelos médicos e vendidos em farmácia, o público masculino também conta com estimulantes naturais para tratamento de impotência.

Produtos como Power Blue não são considerados remédios, portanto, não agridem o organismo e não provocam efeitos colaterais. Alguns homens questionam se power blue funciona mesmo, e sua eficácia é comumente atestada por diversos depoimentos favoráveis disponíveis na internet.

Quer saber sobre o power blue onde comprar? Diferentemente dos medicamentos encontrados em drogarias, este produto não precisa de indicação médica e pode ser encontrado à venda online.

Onde encontrar HB20 usado para comprar em SP

hb20 tabela fipe

O HB20 é um veículo desenvolvido pela empresa japonesa Hyundai. Contando com dois tipos de carroceria, ele é considerado um carro com bom custo benefício, além de seu design ser moderno e existir opções de cores.

A conectividade desse veículo fica por conta da sua central multimídia bluetooth, que inclui tela touchscreen e entrada USB.

No seu interior, o HB20 usa iluminação branca, tem cromo acetinado e itens de couro variados, como o seu volante. Por tantos pontos positivos, ele é bastante procurado nas concessionárias, inclusive usados.

Descubra agora alguns lugares nos quais esse veículo já com quilometragem pode ser comprado.

HB20 Webmotors

Esse site apresenta anúncios de venda de carros em várias cidades de São Paulo, inclusive com o preço hb20 tabela fipe e o número de anúncios em cada uma: Araçatuba, por exemplo, tem nove veículos à venda, enquanto Americana aparece com 32.

Os interessados na compra podem conferir a quilometragem que o HB20 usado apresenta, qual seu ano, tipo de câmbio e outros.

É primordial destacar que a Webmotors indica se o carro está alienado, se existem débitos de IPVA e outras informações.

Acessando https://www.webmotors.com.br/carros-usados/sp/hyundai/hb20, o consumidor vê detalhes do veículo e, se quiser comprar ou contatar o vendedor, terá de clicar em “Login ou Cadastre-se”, na aba superior.

HB20 iCarros

Mais um site indicado para a compra de HB20 usado em São Paulo. Acessando https://www.icarros.com.br/comprar/sao-paulo-sp/hyundai/hb20, os clientes podem determinar a exibição somente de veículos usados, além da característica de câmbio, principais versões, tipos de combustíveis e outras informações.

À frente de cada veículo, o iCarros mostra qual é a concessionária que está oferecendo o HB20 usado, mas também dá para visualizar anúncios particulares.

HB20 Mercado Livre

O Mercado Livre é usado para comercializa não apenas pequenos bens, como roupas ou livros: carros também são bastante negociados por essa plataforma, inclusive o HB20 usado.

Vendedores de muitas partes de São Paulo colocam à disposição os seus veículos e essa localização é facilmente vista: embaixo de cada anúncio, o Estado de origem está determinado.

Sendo usados, a quantidade de quilometragem está especificada logo ao lado do seu ano.

Para visualizar todos os tipos de HB20 que o site tem, é necessário acessar https://carros.mercadolivre.com.br/hyundai/hb20/usados/hb-20-usado e fazer uso dos filtros.

HB20 OLX

Outra plataforma de venda que serve para negociar grandes bens. Dá para identificar os anúncios de HB20 mais recentes por conta da data, que fica à direita.

Algumas das regiões paulistas que têm esse veículo à venda são Consolação e Santo André.

O link é https://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/autos-e-pecas/carros-vans-e-utilitarios/hyundai/hb20 e os opcionais disponíveis são diversos, como blindagem, sistema de som, ar condicionado, câmera de ré, vidro elétrico, alarme, sensor de ré, trava elétrica, airbag e outros.

O que é mais importante na compra de um HB20 usado?

As ressalvas na compra desse tipo de automóvel incluem ficar atento à quilometragem: quanto menos o HB20 for usado, melhor. A documentação precisa estar regular também: sendo venda em concessionária ou particular, é necessário averiguar com o DETRAN se o licenciamento e outros documentos estão atrasados.

Consórcio de carro vale a pena ou é um suicídio financeiro?!

Olá, bem-vindos ao blog. Hoje falaremos sobre consórcio de carros. Será que vale a pena? Vocês me pediram muito este artigo sobre consórcio de carros porque eu fiz um outro artigo contando sobre meus suicídios financeiros.

E um dos meus suicídios foi ter feito um consórcio de imóvel. Neste texto falarei sobre consórcio de veículos e no texto parte 2 eu falarei sobre consórcio de imóvel.

Aguarde. Repete comigo: consórcio não é investimento.

Você não paga juros no consórcio, porém também não recebe. Afinal, o que é um consórcio? É uma forma de adquirir o bem desejado onde um grupo de pessoas se juntam para fazer uma poupança de um valor predeterminado.

O participante poderá ser contemplado em três momentos:

    • 1º: se for sorteado: Todos os meses, os grupos de consórcio fazem sorteio. Vai que você dá sorte de ser contemplado no primeiro mês da sua carta extensa de uns 72 meses.
    • 2º: se você der o lance: Ele é o valor que você paga antecipadamente e caso seu lance seja um dos maiores, você será contemplado com a carta de crédito.
    • 3º: no final das parcelas: Todos os participantes que não foram sorteados ou contemplados por lance, receberão a carta.

Tabela Fipe e o reajuste no consórcio

Se você já comprou ou vendeu um carro alguma vez deve saber que os preços de carros são regidos por uma tal de Tabela Fipe, certo? A Tabela Fipe é atualizada todos os meses e é a responsável por avaliar quanto vale um carro X ou Y.

A boa notícia é que a tabela FIPE não é reajustada em todos os tipos de consórcio, diferente do que muitos clientes pensam.

Mas vale lembrar que muitas vezes a tabela FIPE pode sim ser utilizada na hora de reajustar o valor do seu consórcio de veículos.

Uma boa dica é consultar a Tabela Fipe Webmotors antes de finalmente bater o martelo sobre qual veículo comprar.

Consórcio tem juros?

No consórcio não existem juros. Porém, existe a taxa de administração que é paga à administradora do consórcio que fica em média de 14 a 20% do valor total pago. Então, caso você queira fazer um consórcio, pesquise. Porque a taxa de administração varia muito de uma instituição para outra.

A pergunta que não quer calar: em quais condições é indicado um consórcio? Quando você tiver dinheiro para dar o lance e assim, você logo poderá usufruir do bem. Quando você não tem disciplina para poupar sozinho e a única forma que encontra de fazer a sua poupança é fazendo um consórcio.

Se você tem pressa para adquirir o bem e não tem dinheiro para dar o lance saiba que o consórcio não é indicado para você porque você irá contar com a sorte. Irá esperar ser sorteado.

O que pode acontecer na primeira parcela do consórcio ou na última. Muitas pessoas falam que querem fazer um consórcio porque elas não têm pressa para adquirir o bem e podem esperar os 70, 80 meses que vêm pela frente.

Já que você não tem pressa, o que você acha de investir o dinheiro e não pagar taxa de administração por isso?

Vamos simular um consórcio de veículo em um grande banco. Na hora já mostra para você toda a simulação. Eu coloquei que pegaremos uma carta de crédito no valor de R$ 37.990 com prazo de 72 meses, que dá 6 anos para um veículo.

Olha o tempo que você vai ficar pagando isso. E o valor da parcela mensal será de R$ 619,98. Olhando essa simulação e fazendo uma multiplicação simples de 619,98×72 meses quanto você vai pagar no final deste consórcio?

Você vai desembolsar o valor total de R$ 44.638,56. E nesta simulação também mostra a taxa de administração que será de 14,5% no período. Também fala do fundo de reserva que será de 3% no período. O fundo comum da 1º a 12º parcela será de 1,2139% ao mês.

E as parcelas em diante será de 1,4239% ao mês. E no final teremos a parcela mensal de pagamento que será a soma do fundo comum, fundo de reserva, taxa de administração e do seguro de vida. E lembrando que têm outros consórcios que também cobram mais alguns encargos. Fica esperto!

Se você não entendeu o que é este fundo comum e de reserva, irei explicar agora. O fundo comum é o valor destinado à aquisição do bem. O fundo de reserva é destinado a cobrir perdas, caso tenha inadimplência durante todo esse tempo do consórcio.

Em relação ao seguro de vida, lembra que você não é obrigado a fazer em caso de consórcio de veículo e também não é obrigado a contratar o seguro da administradora do seu consórcio. Você pode pesquisar no mercado e escolher um seguro de vida que melhor te agrade.

Voltando à simulação daquela parcela de R$ 619,98 durante 72 meses, o que aconteceria se você investisse esse dinheiro ao invés de pagar uma carta de consórcio?

Então, vamos fazer uma simulação utilizando os juros compostos ao nosso favor. Vamos supor que investindo essa parcela de R$ 619,98 com uma taxa de juros de 0,5% ao mês, o que não é impossível de ser encontrada hoje, quanto teremos no final de 72 meses?

Em 72 meses nós teremos investido R$ 44.638,56. Total ganho em juros: R$ 8.933,20. O total que você terá no final dos 72 meses é R$ 53.571,76. Caso você não se lembre, no consórcio você pagará mais de 5 mil reais só de taxa de administração.

E caso você invista esse dinheiro, no final dos 72 meses, só de juros ele terá rendido mais de 8 mil reais. Lembrando que você não pagará taxa de administração. Então, ao invés de ter R$ 37.990 no final dos 72 meses você terá mais de 53 mil reais caso invista esse dinheiro.

E olha que eu ainda coloquei um investimento bem fácil de encontrar. Antes de acabarmos este artigo eu quero muito saber quem já fez consórcio de veículo. Escreve aqui embaixo para mim o que achou, o que gostou, o que não gostou, qual a opinião a respeito porque isso vai enriquecer muito o conteúdo deste blog.

Você pode ler mais sobre Fipe Web Motors aqui

Exercício em Jejum: Todo mundo pode fazer?

Quando se fala uma em dieta saudável focada em emagrecimento, estamos acostumados a ouvir que o ideal é comer pequenas refeições de 3 em 3 horas. Mas pesquisas recentes estão mostrando que outros tipos de dieta também podem trazer benefícios para nosso organismo, além de proporcionar um emagrecimento rápido.

Também conhecida como a Dieta do Guerreiro, o Jejum intermitente alterna períodos de jejum relativamente prolongados com algumas refeições. Muitos estudos mostram que esta dieta tem inúmeros benefícios: perda de peso, de gordura corporal, melhora da saúde metabólica e proteção contra doenças cardiovasculares e inflamatórias, além de aumentar a expectativa de vida.

Por que fazer jejum intermitente?

Segundo alguns cientistas, porque ficar sem comer é na verdade natural para o nosso corpo. Durante o processo evolutivo, o nosso organismo se adaptou a passar períodos sem comer. Porque, muitas vezes, simplesmente não havia comida. Por isso, alguns processos metabólicos muito importantes são facilitados em períodos de jejum. Já foi comprovado que jejum intermitente emagrece.

Além de otimizar o ciclo de reparação celular, e aumentar drasticamente os níveis de hormônio de crescimento, o jejum diminui os níveis de açúcar e insulina no sangue. Esses três efeitos combinados fazem a taxa de queima de gordura disparar mais que em qualquer outra dieta e diminuem o risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Existem vários modos de se fazer jejum intermitente, que vão de curtos períodos até 24 horas.. Comer a última refeição até as 9h da noite, pular o café da manhã e só almoçar a 1 da tarde do dia seguinte é um dos jeitos mais populares: Este é o chamado Método 16 por 8.

Por mais que você possa demorar um pouco para se acostumar, muitas pessoas se sentem mais dispostas e com mais energia com essa dieta. E como ela altera o processo metabólico, o jejum impulsiona a queima de gordura e de calorias, provocando uma perda de peso acelerada no curto prazo.

É importante ressaltar que ainda não existe consenso a respeito da Dieta do Guerreiro, mas a verdade é que desde as pesquisas com camundongos dos anos 30 na Universidade Americana de Cornell, até os recentes artigos do geneticista Steve Mount, o jejum intermitente apresenta vários defensores com autoridade no assunto.

Por sinal, próprio Steve jejua 3 dias por semana desde 2004. Agora você deve estar com muitas dúvidas. Então, por favor, pesquise mais sobre o assunto!

Existem muitos artigos científicos disponíveis na internet sobre este novo modo de se alimentar. E não saia fazendo as coisas por conta própria, consulte um nutricionista para receber a prescrição de uma dieta adequada para as suas necessidades de acordo com seus objetivos.

Contras jejum intermitente

Existem algumas pessoas que se sentem muito mal a jejuar por mais de 3 horas. Ou seja, algumas pessoas relatam que se sentem fracas e sem energia para ir à academia, por exemplo. O ideal é que você respeite os seus limites e se alimente de maneira correta após o jejum intermitente. Ou seja, não adianta você se auto boicotar durante a realização da dieta do jejum intermitente.

Muita gente deixa de comer durante horas e na primeira oportunidade de comer devora um lanche ou uma pizza. Ao fazer isso todo esforço feito por você terá sido em vão.