Home » Archive by category "Emagrecimento Saudável"

Os shakes emagrecedores fazem mal ao fígado?

A preocupação com o corpo tornou-se algo muito comum na vida das pessoas, em especial, os brasileiros estão cada vez mais buscando formas de manter um estilo de vida saudável, seja indo para academia, cuidando da alimentação ou praticando outras atividades físicas.

Mesmo que essa preocupação seja muito importante, tudo que é feito sem preparo e conhecimento pode acabar se tornando muito mais um problema do que a solução.

Assim como as atividades físicas necessitam de preparo e um profissional capacitado acompanhando o treino, com a alimentação não seria diferente.

Anos atrás, os shakes chegaram ao Brasil e hoje são muito utilizados por quem pratica exercícios físicos e pelas pessoas que estão em dieta.

Muito se ouve falar sobre os shakes emagrecedores, relatos contam que eles fazem mal a saúde, principalmente ao fígado, por outro lado, muitas pessoas defendem o seu uso.

Mas, afinal, os shakes emagrecedores fazem mal ao fígado e ao corpo? Confira abaixo!

O que são shakes emagrecedores?

Os shakes emagrecedores são bebidas classificadas como substitutas parciais ou totais de refeições. Sua composição é rica em nutrientes como, fibras, vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e gordura de boa qualidade.

São indicadas para quem deseja fugir  das dietas milagrosas que causam o efeito sanfona, e emagrecer rápido, de forma saudável e sem privações.

Os shakes atuam saciando a fome e nutrindo o corpo ao mesmo tempo, também podem ser aliadas com alimentos sólidos e é muito importante que durante a dieta, a pessoa mantenha uma alimentação balanceada.

Quais os tipos de shakes emagrecedores existem?

Existem atualmente dois tipos de shakes ideais para dieta. Esses são o industrial e o caseiro.

Para quem não tem tempo de preparar a própria bebida e opta pelos shakes industriais, o mais indicado é buscar referências da marca, assim como verificar seu rótulo para saber se é livre de gorduras trans e saturada e de açúcar e observar também se tem fibras solúveis (como a aveia) e insolúveis (como linhaça e gergelim).

Entre as marcas mais conhecidas de shakes emagrecedores está o shake Herbalife, e muitas pessoas se perguntam se Herbalife funciona, e a resposta é sim.

Os shakes Herbalife possuem todos os nutrientes essenciais para que o shake supra a carência de alimento, traga saciedade e ajude no emagrecimento.

Para os shakes caseiros, esse deve ser feito a base de leite ou iogurte desnatado. Pode-se usar frutas, legumes, aveia ou linhaça. Além disso, castanhas são um ótimo acompanhamento.

Shake de emagrecimento faz mal ao fígados?

Existem muitos boatos e informações distorcidas sobre o funcionamento dos shakes. Para isso, precisamos entender como o shake funciona.

É recomendado que a pessoa que busca emagrecer tomando shake, troque apenas uma refeição pela bebida, de preferência, à refeição que mais come.

Quando o shake é de boa qualidade, ele possui muitos nutrientes e quando ingerido de forma exagerada, pode causar sobrecarga ao fígado e aos rins.

Por outro lado, quando o shake é de má qualidade, ele não possui nutrientes suficientes para nutrir o corpo, e sua ingestão em quantidade não estará de fato nutrindo o corpo, sendo preferível uma alimentação de qualidade ao invés da bebida.

Exercício em Jejum: Todo mundo pode fazer?

Quando se fala uma em dieta saudável focada em emagrecimento, estamos acostumados a ouvir que o ideal é comer pequenas refeições de 3 em 3 horas. Mas pesquisas recentes estão mostrando que outros tipos de dieta também podem trazer benefícios para nosso organismo, além de proporcionar um emagrecimento rápido.

Também conhecida como a Dieta do Guerreiro, o Jejum intermitente alterna períodos de jejum relativamente prolongados com algumas refeições.

Muitos estudos mostram que esta dieta tem inúmeros benefícios: perda de peso, de gordura corporal, melhora da saúde metabólica e proteção contra doenças cardiovasculares e inflamatórias, além de aumentar a expectativa de vida.

Por que fazer jejum intermitente?

Segundo alguns cientistas, porque ficar sem comer é na verdade natural para o nosso corpo. Durante o processo evolutivo, o nosso organismo se adaptou a passar períodos sem comer. Porque, muitas vezes, simplesmente não havia comida. Por isso, alguns processos metabólicos muito importantes são facilitados em períodos de jejum. Já foi comprovado que jejum intermitente emagrece.

Além de otimizar o ciclo de reparação celular, e aumentar drasticamente os níveis de hormônio de crescimento, o jejum diminui os níveis de açúcar e insulina no sangue. Esses três efeitos combinados fazem a taxa de queima de gordura disparar mais que em qualquer outra dieta e diminuem o risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Existem vários modos de se fazer jejum intermitente, que vão de curtos períodos até 24 horas.. Comer a última refeição até as 9h da noite, pular o café da manhã e só almoçar a 1 da tarde do dia seguinte é um dos jeitos mais populares: Este é o chamado Método 16 por 8.

Por mais que você possa demorar um pouco para se acostumar, muitas pessoas se sentem mais dispostas e com mais energia com essa dieta. E como ela altera o processo metabólico, o jejum impulsiona a queima de gordura e de calorias, provocando uma perda de peso acelerada no curto prazo.

É importante ressaltar que ainda não existe consenso a respeito da Dieta do Guerreiro, mas a verdade é que desde as pesquisas com camundongos dos anos 30 na Universidade Americana de Cornell, até os recentes artigos do geneticista Steve Mount, o jejum intermitente apresenta vários defensores com autoridade no assunto.

Por sinal, próprio Steve jejua 3 dias por semana desde 2004. Agora você deve estar com muitas dúvidas. Então, por favor, pesquise mais sobre o assunto!

Existem muitos artigos científicos disponíveis na internet sobre este novo modo de se alimentar. E não saia fazendo as coisas por conta própria, consulte um nutricionista para receber a prescrição de uma dieta adequada para as suas necessidades de acordo com seus objetivos.

Contras jejum intermitente

Existem algumas pessoas que se sentem muito mal a jejuar por mais de 3 horas. Ou seja, algumas pessoas relatam que se sentem fracas e sem energia para ir à academia, por exemplo. O ideal é que você respeite os seus limites e se alimente de maneira correta após o jejum intermitente. Ou seja, não adianta você se auto boicotar durante a realização da dieta do jejum intermitente.

Muita gente deixa de comer durante horas e na primeira oportunidade de comer devora um lanche ou uma pizza. Ao fazer isso todo esforço feito por você terá sido em vão.

Jejum Intermitente: fazer ou não fazer?

thermatcha preço

E muita gente tem me perguntado sobre o jejum intermitente… se ajuda a perder peso, se ajuda pra ficar mais definido, se ajuda na hipertrofia, se faz mal, como que tem que fazer…

O jejum intermitente é um não se alimentar. É não comer, não consumir calorias por um período determinado de tempo. Esse período ele pode ser 12 horas, 14 horas… 24 horas… vai depender de cada um. Nesse tempo você vai ficar sem comer, mas pode tomar líquidos como água, chás e café…

O mais comum que as pessoas fazem o jejum intermitente é pulando o café da manhã, voltando a comer no almoço. E vai ter sim o beneficio da perda de peso, perda de gordura, vai ajudar a pessoa a ficar mais definida.

Nada é capaz de baixar mais a insulina do que o jejum, e esse é o hormônio central no processo de emagrecimento e fundamental no processo de normalização metabólica.

Ficar sem comer é uma coisa muito natural para o corpo, porque evolutivamente a gente foi adaptado pra isso… já que essa abundância de comida que temos hoje nem sempre foi a realidade. Então a gordura que a gente estocava era nada menos do que energia armazenada para ser utilizada justamente nos períodos de escassez.

Agora, se você tem comida o tempo todo, por que é que seu corpo usaria as reservas de energia se tem sempre mais chegando?

Muitas pessoas têm medo de pular um lanche com receio de se sentirem cansadas, ficarem doentes…“Não vou ter energia”. Mas passado o período de adaptação, muitas pessoas se sentem até mais dispostas e com mais energia. O jejum intermitente ele exige uma adaptação, prestar atenção nas respostas do próprio corpo vai te dar.

E ter o acompanhamento de um Nutricionista é algo que vai te dar muita segurança nesse sentido. E para aqueles que querem ganho de massa e vem me perguntar sobre jejum intermitente: Jejum não é algo que vai ajudar na hipertrofia. Se a melhor estratégia pra hipertrofia é justamente comer, aqui ele não teria muita utilidade.

Claro, falando de potencializar ao máximo o processo de hipertrofia. Dentro dessa estratégia de maximização de ganho de massa muscular, seria muito mais difícil fazer o jejum do que seguir a dieta programada. Jejum intermitente é bom sim pra perda de gordura, pra perda de peso, pra ficar mais definido com essa perda de gordura, aparecendo mais a musculatura.

O que quebra o jejum intermitente?

Nós temos falado bastante sobre jejum intermitente sobre como fazer o jejum intermitente quais são os benefícios do exercício em jejum.  Primeiro você não pode comer nada nas horas que você tá fazendo o jejum e você pode beber tomar qualquer líquido que não contenha calorias.

Para começar este jejum tem o nome intermitente porque em algum momento a gente come em outro período a gente está em jejum, nesse período que a gente está em jejum (estar em jejum significa não estar consumindo calorias nenhuma) muita gente segue protocolo de restrição de tempo nos quais a pessoa fica por exemplo 16 horas sem comer e se alimenta durante um período de oito horas.

O que a gente está falando aqui é que líquido isto pode consumir neste período de 16 horas. Por exemplo: se tiver esse protocolo nesse período de 16 horas sem consumir calorias você pode consumir
água, café e chá.

Você pode tomar água também e isso é importante para que você se mantenha hidratado. Você pode tomar chimarrão e deve evitar qualquer bebida que tenha adição de açúcar. Já o leite você deve evitar, o leite quebra o jejum intermitente porque contém calorias e lactose.

Procure um especialista antes de começar a praticar o jejum intermitente.

Estilo de vida saudável combate o envelhecimento; entenda

quitoplan para emagrecerCuidar da saúde pode fazer mais do que retardar o processo de envelhecimento. Segundo pesquisa, pode até mesmo reverter os danos causados pelo tempo.

A informação vem de um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que mostra que manter uma rotina de exercícios, uma dieta equilibrada e praticar técnicas que permitam reduzir ou aliviar o estresse, como ioga, aumentam a vida útil das células.

Para chegar à conclusão, médicos avaliaram o impacto do estilo de vida sobre os telômeros, estrutura que funciona como uma capa nos cromossomos e que protege contra o envelhecimento. Para entender o papel deles basta pensar no acabamento de um cadarço de sapato que evita que o tecido fique desfiado.

A pesquisa se baseou em dados coletados em dois grupos formados por homens diagnosticados com câncer de próstata. Nenhum deles havia feito cirurgia ou iniciado tratamento.

Metade deles seguiu sem mudanças. A outra foi submetida a uma mudança de estilo de vida radical, monitorada por médicos, nutricionistas e psicólogos.

A dieta do grupo de controle passou a ingerir grandes quantidades de proteínas vegetais, frutas, vegetais e grãos integrais, além de poucos índices de gordura e carboidratos processados.

Os homens passaram a praticar ioga, a meditar e a fazer exercícios de forma moderada, como 30 minutos de caminhada, seis dias por semana.

Monitorados por cinco anos, os homens submetidos à nova rotina mostraram que os telômeros aumentaram cerca de 10%. Os dos demais homens seguiram o processo de degeneração natural e diminuíram cerca de 3%.

A pesquisa, divulgada pelo jornal Daily Mail, no entanto, não constatou diferenças na evolução da doença entre os grupos.